• Instituto do Cálculo Renal

Câncer de próstata

Atualizado: 23 de Ago de 2020

À partir dos 40 anos somos questionados por nossos pacientes acerca da necessidade de investigar o câncer de próstata.

Outras perguntas frequentes:

“ ... à partir de qual idade preciso investigar ? "

“ Doutor, realmente preciso fazer esse tal de exame do toque !? "

Agora iremos usar um novo termo para que você se acostume a ele : rastreamento do câncer de próstata .

Nem todas as neoplasias mostraram benefício em relação à políticas de rastreamento. Mas o que seria rastreamento? Rastreamento é identificar a doença de maneira precoce e , assim, aumentar as chances de cura. Como dito previamente, nem todo câncer conseguimos surpreender em fases iniciais; a boa notícia é que a principal neoplasia do homem , o câncer de próstata, está entre as que conseguimos identificar precocemente!

Antes de prosseguir no texto saiba que se trata de um informativo somente: informações mais detalhadas você deverá obter no consultório com o seu urologista.

Na consulta urológica , o médico irá lhe perguntar sobre seu histórico familiar , hábitos de vida ( alimentação, tabagismo , etilismo, atividade física etc. ), doenças e cirurgias prévias, por isso, é de suma importância saber de todos esses dados. Será discutido a necessidade do rastreamento e este rastreamento deverá ser uma decisão compartilhada entre você e seu médico. Decisão compartilhada, pois há situações nas quais este rastreamento não se mostra benéfico ; situações de idade avançada com várias doenças associadas etc. Obs: Não será contemplado nesse texto, os aspectos de decisão compartilhada. Ao final da consulta , o médico irá solicitar um exame de sangue ( o conhecido exame do PSA ) e , caso indicado, irá propor o exame digital retal ( toque retal ).

Há situações nas quais o toque retal não é realizado?

Sim. Pacientes com menos de 45 anos que procuram o urologista pela primeira vez fazem um exame de PSA dito “ PSA basal ”. Se esse PSA estiver dentro da faixa de normalidade, a investigação cessa por aí e o paciente será orientado a voltar na época de início do seu rastreamento. Esse PSA basal será importante para compararmos com os exames de PSA que serão solicitados no futuro.

Afinal qual a idade correta para se iniciar o rastreamento?

A idade correta se dá à partir dos 50 anos de idade ou à partir dos 45 anos se houver fatores de risco. Será realizada a consulta , solicitação de PSA e exame digital retal.

Com que frequência deve ser realizado ?

Anual.

O que é o PSA e qual a sua importância?

O PSA é uma glicoproteína que é produzida pela próstata e tem como função auxiliar na liquefação do sêmen. Sua detecção se dá pela coleta de sangue . Se estiver aumentado acende o alerta para o médico. Mas atenção: outras afecções da próstata também provocam o aumento do PSA! Portanto, o PSA não é um marcador exclusivo para se detectar câncer de próstata e deve ser interpretado pelo seu médico sob a ótica de outras variáveis.

Então não tente solicitar ou interpretar o exame por conta própria; procure seu urologista.

Tudo bem até aqui mas o toque retal realmente é necessário?

A resposta é um sonoro SIM. Por volta de 20% das neoplasias de próstata são identificadas através do exame digital retal.


Importante: o câncer de próstata não gera sintomas na fase inicial. O objetivo do rastreamento é justamente esse : identificar a neoplasia antes de ela gerar sintomas! O diagnóstico será precoce e a chance de cura elevada.


Neste artigo você aprendeu o que é rastreamento de um câncer, como ele é feito para a neoplasia de próstata, a importância do médico para interpretar os achados de exame sob a ótica de saúde global do paciente e que essa decisão de investigar deve ser compartilhada.

Mais textos serão escritos ao longo do ano. Caso queria saber mais sobre o assunto entre em contato por e-mail, pelos contatos do WhatsApp ou pela área disponível no site.

Estamos à disposição e respondemos todas as mensagens.


Dr. Luiz Augusto Vieira de Castro

Urologista

WhatsApp (64)99961-5624






36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo